Arquivo de março, 2010

Assim diz a Palavra do Senhor #2

Publicado: março 31, 2010 por blogdapresbi em Mensagens

“Diz o néscio no seu coração: Não há Deus. Corromperam-se e cometeram abominável iniqüidade; não há quem faça o bem. Deus olha lá dos céus para os filhos dos homens, para ver se há algum que tenha entendimento, que busque a Deus. Desviaram-se todos, e juntamente se fizeram imundos; não há quem faça o bem, não há sequer um.” (Salmo 53:1-3)

Disse no texto anterior que Deus é bom e que o homem não presta. Gostaria de, nessas linhas, colocar a segunda parte em evidência. Não que eu precise de muito esforço para isso, a depravação humana é a realidade mais polêmica na filosofia e de mais fácil verificação empírica. Um filósofo, contudo, pode certamente levantar a voz perguntando o que é bom e o que é mau, o que é moral ou imoral, vou tentar explicar o que o cristianismo entende por maldade.

Sem Deus, maldade e bondade não fazem sentido, tornam-se concepções humanas quase arbitrárias com objetivos vazios. Como físico, sei que átomos não tem moral, não tem bem ou mal. O naturalismo é insuficiente para fornecer uma base ao que chamamos de bondade, por isso vamos falar aqui para os que colocam a existência de Deus como verdadeira. Como ele existe e existiu sempre, sendo a realidade suprema, ele é o que é certo. Originalmente ele criou um esquema bem bonitinho que funcionava, nós criamos jeitos de burlar o sistema e obter privilégios de uma maneira diferente daquela para a qual o sistema todo foi criado. A maldade é exatamente isso, tentar atingir algo bom da maneira errada.

E o mal não existe por si mesmo. Uma pessoa, por mais malvada que seja, jamais atravessará uma rua fora da faixa se o caminho com a faixa é o mais curto. A maldade só é empregada quando ela, em alguma escala ou medição, compensa. Não há maldade que não vise algo bom, por mais distorcido que este “algo bom” esteja.

Nosso cérebro foi programado para, ao tirarmos botas apertadas, recebamos uma dose de estimulantes que geram prazeres; não sou o primeiro a escrever sobre nisso. No entanto, inventamos jeitos de forçar essa sensação de uma maneira diferente daquela programada, como, por exemplo, com as drogas. Não por menos elas causam um grande estrago e ouve-se um grande coro “Deus não gosta” nas igrejas quando o assunto é levantado. É claro que não gosta, mas dizer que ele “proíbe” isso é como dizer que um pai proíbe um filho de enfiar o dedo na tomada. Será este um pai tirano e cruel, que não permite que seu filho frite-se quantas vezes achar necessário? Não, de fato Deus não gosta.

E essa é a ideia de bondade; aquilo que Deus é, a maldade é uma distorção medonha da realidade e de como ela foi criada, quase um “bug” ou defeito gerado por uma opção nossa de amar esse defeito. E nós de fato amamos. O homem é sim, mau; não preciso listar argumentos sobre o assunto, já que vocês possuem muitos telejornais que falam por mim. Ele também é bom, em algum nível, mas esse nível está muito abaixo daquilo que deveria ser. E como deveria ser? Isso já é assunto para um terceiro texto.

Ricardo Marino

Anúncios

Assim diz a Palavra do Senhor #1

Publicado: março 31, 2010 por blogdapresbi em Mensagens

“No princípio criou Deus os céus e a terra” (Gênesis 1:1)

Por mais clichê que possa parecer, e por mais textos cristãos que já tenham começado com este texto, acho válido começar essa pequena reflexão com o que é talvez o versículo mais famoso da Bíblia, disputando forte com o salmo 23. Toda história tem um começo, e o cristianismo é uma grande história. Ela começa bem, tem dois capítulos felizes e, do terceiro ao número 1889, só coisa ruim e gente fazendo coisa errada, com algumas raras e sagradas exceções.

Ela começa com um ser criando coisas. Antes de tudo havia ele e só ele, a própria realidade era inteira ele, é bem complicado tentar entender ou explicar algo parecido com isso. Por algum motivo completamente desconhecido, ele decide criar algo diferente de si mesmo. Tem gente por aí que gosta de falar que ele queria criar alguém capaz de amá-lo, como se Deus tivesse se sentido sozinho; mas eu e você sabemos que ele não precisa de nada nem ninguém, é autossuficiente tanto em amor quanto em qualquer outra coisa. Ficamos na completa ignorância sobre o assunto; sabemos apenas que entre o nada e o tudo a opção foi pelo tudo, só podemos tentar avaliar se valeu a pena.

E a Bíblia é exatamente isso, uma reflexão sobre esse valer a pena. Dois seres foram criados com a habilidade única de rejeitar e afastar-se daquilo que era a realidade, daquilo que era tudo e decidiu criar algo diferente de si mesmo. Escolhendo este caminho, eles começaram a criar toda forma de atrocidade absurda à realidade, incompatível com aquilo que tudo era antes. É difícil entender, mas aquilo que dizemos que “desagrada a Deus” não é uma falta de cortesia ou de bons modos, é um absurdo à realidade, ao que as coisas são, sempre foram e, por algum motivo medonho, estão sendo deformadas.

A história continua, dessa vez com uma missão de resgate. Um povo é escolhido para ser garoto-propaganda do divino, os judeus. Se eles seguissem aquilo que é de acordo com o que Deus aprova (ou seja, a única opção, o resto é absurdo), teriam uma vida ótima, todos olhariam para este povo, morreriam de inveja (aquela inveja boa, quase uma admiração) e iriam querer aquele mesmo Deus para si. Deus sendo o primeiro grande marqueteiro, descobriu que publicidade não é fácil; e a história continua.

A essência do cristianismo, se não todo ele, consiste em mostrar como esse resgate foi feito. Se posso resumi-lo em duas frases, seriam “Deus é bom” e “O homem não presta”. Dizer como conciliar as duas e revelar o que fazer com as conclusões tiradas seriam um exato resumo da Bíblia, do capítulo 1 ao 1889.

Ricardo Marino

Mentira

Publicado: março 31, 2010 por blogdapresbi em Mensagens

“Por isso, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros”. Ef 4.25

Li recentemente uma pesquisa feita sobre o comportamento humano e, particularmente, garantindo-se o anonimato dos participantes, trouxe revelações chocantes. Apenas 13% consideram os Dez Mandamentos relevantes e obrigatórios, embora grande parte do arcabouço jurídico reinante no mundo esteja estabelecido a partir desse referencial.

Também 91% das pessoas admitem que mentem regularmente, tanto no ambiente de trabalho inclusive adminitindo fazer cera durante o expediente e alegando doença ou outro motivo pessoal ou fútil para faltar ao trabalho. No ambiente de casa, o referencial é o mesmo.

O que me preocupa é saber que, mesmo no ambiente cristão as coisas não são tão diferentes como deveriam. Muitas vezes nos trajamos de arrogantes e sussuramos em tom farisaico: “Sou crisão e jamais faria isso”. Queria sugerir que não afirmasse isso tão depressa. Embora possamos não querer admitir, não tem havido tanta diferença assim entre “nós” (cristãos) e “eles” (mundo).

É por isso que vemos, tantas vezes, cristãos agindo quase como incrédulos, fazendo coisas como: pequenas mentiras (para encurtar conversa ou evitar conflito), lesar o fisco na declaração anual do Imposto de Renda, caluniar o irmão num instinto de auto-preservação ou auto-promoção, ou obedecer as leis segundo a própria conveniência.

Isso tudo mostra uma evidência: a depravação está viva e bem sadia mesmo entre os cristãos. Não ser autêntico e verdadeiro tornou-se uma virtude dos nossos dias. Além disso, muitas vezes a suposta “autenticidade” vem travestida de mentiras que seduzem e induzem ao erro (como nos reality shows que invadem as casas dos que assim permitem).

Sábias as palavras de William Shakespeare: “Mas é estranho: por vezes, para nos perdermos, contam-nos os agentes das trevas alguns fatos verídicos, seduzem-nos com coisas inocentes, porém de pouca monta, para nos arrastar a consequências incalculáveis” (grifo meu).

Eu sei que representa um desafio constante, mas faça isso! Exercite a verdade e ela o libertará. “E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção” (Ef 4.30).

Rv. Hilder C. Stutz
Pastor Efetivo IPAlpha

Artigo publicado no boletim da IPAlpha em 28/03/2010

África do Sul #1

Publicado: março 30, 2010 por blogdapresbi em Missões

E ai meus queridos.

O que é mais interessante para vocês, ver ou ouvir?

Me respondam.

Para minha pessoa é ver, eu preciso ver as coisas para acreditar que aquilo está mesmo acontecendo, ou que realmente aconteceu, ou etc. Mas eu sou uma pessoa que necessita ver as coisas e o mais engraçado nisso tudo é que Deus simplesmente faz essas coisas comigo, Ele sempre me mostra o que Ele quer. Que Deus é esse né, que ao mesmo tempo é um Deus onipresente e conhece cada um pelo nome, Ele da mesma forma age com cada um diferente e cada um tem em seu relacionamento com Deus diferentes formas de ver Deus.

Lembrando que esse chamado é para todos, não importa onde você esteja ou o que faz, mas se um dia você aceitou a Cristo como o seu único suficiente Salvador, você não pode correr desse chamado, você pode criar dezenas de teologias, mas não vai conseguir esconder essa verdade, que Deus te chamou para pregar o seu evangelho.

Por favor não esqueça disso, lembre-se que você é um ministro de Cristo, não importa se você tem curso de teologia, Phd em teologia ou o escambau, Ele te deu poder e te deu a biblía para que você se tornasse testemunha do amor Dele para o mundo inteiro, me ouviu, MUNDO INTEIRO.Simplesmente cumpra o seu chamado.

Estar na África do Sul é totalmente surreal, é um lugar enigmático, onde tudo o que você vê é mágico e te lembra de muita tristeza que esse continente passou e passa até hoje, por idiotas e hipócritas que pensam muito bem em encher a suas barrigas gordas e esquecem de um ser humano que vive bem perto de nós.

Não posso agora falar muito sobre o que tem acontecido aqui, pois o que vamos fazer durante esses próximos 10 dias, estaremos ensaiando até começar de verdade o tempo de evangelismo e tudo mais.

Mas não quero como o meus posts te dar somente uma experiência do que eu estou passando por aqui, mas quero que você faça parte também, com seus comentários, perguntas ou o que desejar fazer.

E vamos lá a viagem simplesmente começou.
Beijos e abraços

Ivan Freitas
ivanfreitas@gxbrasil.com.br
http://ivanfreitas.wordpress.com/

Caso Nardoni – quem é capaz de julgar com justiça?

Publicado: março 29, 2010 por blogdapresbi em Mensagens

Bom… semana cheia né… cheia d’água nas regiões que tiveram enchentes… hahaha… afinal “a casa caiu” lá no show do GUNS’N’ROSES no RIO DE JANEIRO, gente da produção se machucou e show CANCELADO é claro, num era pra menos, CADÊ O PALCO???…

Semana cheia também lá no julgamento mais esperado dos últimos anos… julgamento esse que num é “o mundo da lua” mas “tudo pode acontecer” uma vez que quem CONDENARÁ (ou não) é o povo (representado pelo júri de 7 pessoas, 4 mulheres e 3 homens, sendo 2 universitários)… e sabe como é né, “a voz do povo é a voz de DEUS”, pena que isso nem sempre é assim, mas verdadeiramente FOI REALMENTE a “voz de DEUS” quando mandaram Jesus pra cruz, o que TEOLÓGICAMENTE nos põe no céu !!!

Mas veja, eu tenho comigo muito SERIAMENTE o trabalho BRILHANTE da POLÍCIA CIENTÍFICA com todos seus LAUDOS PERICIAIS e etc… mas sem levar em consideração nosso VEREDITO, será que estamos preparados pra julgar???… Vide a banda VERSAILLES (do Japão), que também atende pela alcunha (olha “momento erudito”) de VERSAILLES PHILHARMONIC QUINTET. Eles perderam o baixista (de figurino predominantemente ROXO no vídeo) ANO PASSADO por conta de CÂNCER… e têm sua vinda pro BRASIL prevista pra JUNHO ou JULHO ainda DESSE ANO !!!

Agora DEPOIS de ver o vídeo seu JULGAMENTO a respeito dessa banda mudou né… afinal SÃO HOMENS DE VESTIDO !!! De repende a VELOCIDADE, bem como a TÉCNICA, beleza dos ARRANJOS e afins nem contam mais… “pondo mais lenha na fogueira”, e o que aconteceria se tú soubesse que CULTURALMENTE pra alguns isso vem a ser uma MATERIALIZAÇÃO DA SENSIBILIDADE, independente de concordarmos OU NÃO… SEM FAZER APOLOGIA A HOMOSSEXUALIDADE é óbvio né, afinal NEM É ESSE O ASSUNTO… voltando ao assunto…

Ta vendo só, em matéria de JULGAMENTO nossa opinião nem sempre é algo tão “confiável”… depende DO NOSSO CONTEXTO…  enfim é e será sempre POLÊMICO… já que é pra POLEMIZAR, “chuto o pau da barraca” fazendo a revelação que GAP (marca de roupa) na verdade é UMA SIGLA… G.A.P. = Gay And Proud … fundada em San Francisco… e aí chocou?… quem é o preconceituoso agora hein? HAHAHA… veja, pra fazer parte de um júri é nessessário ser ISENTO, coisa que é difícil…

Em vez de falarmos do FUSKINHA que tá atrapalhando a visão do outro(a) temos que nos dar conta da SCANIA que nos tapa a “frenteira”… sem querer parafrasear (”momento erudito 2 – a missão”) a Bíblia – a voz de DEUS – mas já parafraseando… Vai lá fazer parte do júri pra tú ver como é difícil, é muita informação. A gente tá recebendo “mastigado”, eles tão “degustando”… aliás que será que eles comem lá hein, essa informação ninguém passou…

Vô sartano fora que nem cocô de neném porque deve ter algo pra comer por aí… vô “encher o buxo”

Silent Note – ou simplesmente S4536t
Visite a IPA (Igreja Presbiteriana em Alphaville)
– Youtube: http://www.youtube.com/user/IPAlphaville
– LastFM: http://www.lastfm.com.br/user/IPAlpha


Hope 2 keep in touch !!!!
Vjo cês no céu caso ñ o faça na “N6: Noite do Metal 6 – Tribunal de Cristo !!!”
場所: IPA (Igreja Presbiteriana em Alphaville)
年月日: 2010年11月06日
時間: 夜 六[18:00]時
聖書神様祝福 !!!!!