Arquivo de dezembro, 2010

COLAGEM: De boiadeiro a Rei – Davi e Jair Rodrigues

Publicado: dezembro 30, 2010 por leofilipealves em Mensagens

Depois do expediente

Publicado: dezembro 27, 2010 por blogdapresbi em Mensagens

Não é nenhum tratado teológico, só estava pensando que milhares de pessoas seguiam Jesus diariamente. E me veio a dúvida: essas pessoas faziam o que da vida?

Comecei a fazer uma série de ajustes cronológicos e culturais para tentar entender como era possível uma multidão se dar ao capricho de não trabalhar para ficar vendo um homem fazer milagres por aí. Seriam fazendeiros na entressafra? Seriam artesões autônomos? Ou seria uma multidão de desempregados?

Desisti de tentar entender a realidade dos outros e fui para a minha. Se Jesus estivesse pregando nas ruas hoje, teríamos tempo de acompanhar as suas andanças?  Será que Ele deixaria o sermão do monte para o Happy Hour? Enfim, cheguei a uma conclusão manjada: deveríamos reavaliar o tempo que gastamos com nosso trabalho! E isso só faz sentido se repensarmos nossos valores.

É comum a gente achar um absurdo quando o pastor fala um pouquinho mais e atrasa a nossa saída em meia hora. Achar desnecessário ir ao culto de manhã e a noite – e que dirá nos dias de semana. A final de contas, o pouco tempo que nos sobra depois do expediente é repartido entre igreja, família, lazer, descanso e outras coisinhas muito importantes para a qualidade de vida de uma pessoa.

Estamos vivendo em desequilíbrio e provavelmente só ouviríamos uma “palestra” de Jesus se tivesse certificado e fosse importante o suficiente para entrar no currículo. Estamos perdendo a dimensão do eterno.

Victor Perez

Balanço de final de ano

Publicado: dezembro 23, 2010 por blogdapresbi em Diversos

Eu sou um cara muito reflexivo. Uma coisa que eu sempre faço é ficar deitado na minha cama olhando fixamente o teto e viajando nas idéias. E nessa época do ano eu costumo refletir ainda mais e fazer uma lista das coisas marcaram a minha vida ao longo dos últimos 12 meses.

Segue abaixo essa minha lista. Pode ser que alguns dos fatos que eu mencionei também tenham marcado a sua vida. Caso você deseje incluir alguma coisa na sua lista de fatos marcantes de 2010 é só escrever um comentário abaixo.

Janeiro:

Viagem para Nova Iorque com dois amigos (Fábio e Freddi)

Fevereiro:

Acampamento de carnaval da Presbi

Março:

Cirque du Soleil ‘‘Quidam’’ no Parque Villa Lobos

Abril:

Término de namoro

Casamento Sarita e Teixeira

Maio:

Promoção no trabalho

Casamento Renato e Erica

Encontro de líderes no JV

Junho:

Copa do mundo

Aniversário

Julho:

Viagem missionária para Aldeia Indígena de Tacuru/ MS

Viagem aventura para Foz do Iguaçu e Bonito

Libertadores da América

Casamento Caio e Nanda

Agosto:

Aprovação no CFA fase 1 (certificado para o mercado financeiro)

A Origem (com Leonardo Di Caprio)

Setembro:

Falecimento de um grande amigo

Passion

Outubro:

33 mineiros do Chile

Eleições da Presbi

Eleições do Brasil

Novembro:

Casamento Camila e Irlo

Casamento André e Paty

Promoção no trabalho II

Tropa de Elite II

Dezembro:

Casamento judeu

Dor de dente do siso

Natal

 

Guilherme Marto

Um mover de Deus

Publicado: dezembro 20, 2010 por leofilipealves em Mensagens

Já escutei muito essa expressão “um mover de Deus”. Normalmente, ela vem acompanhada de algo do tipo “estou esperando um mover de Deus” ou “quero ver um sinal”. E isso parece extremamente maduro, alguém que espera Deus fazer alguma coisa antes de tomar uma decisão importante. Só que já perdi a conta de como vi essa busca por sinais e maravilhas sendo usado de forma um tanto peculiar…

Há algum tempo atrás conheci um rapaz que me contava que não fazia nada de importante se não sentisse que Deus desse lhe desse um sinal. Não tentaria uma boa entrevista de emprego sem um sinal de Deus, não aceitaria uma boa oportunidade se Deus não lhe falasse. Inclusive, aceitava oportunidades um tanto quanto controversas (para não dizer erradas) quando tinha certeza que Deus lhe dava um sinal. Toda a sua vida era resumida a experiências “sobrenaturais” com Deus, nada que fosse comum era aceito por ele como Deus agindo em sua vida. Para ser Deus, tinha que fazer barulho.

Num desses últimos dias, desabou o céu aqui onde eu moro. Caiu a luz no mesmo dia do Culto de Ação de Graças. Mesmo sem luz, o culto foi feito com louvor e testemunhos. No momento da oração final, a luz piscou, ameaçou de voltar bem no momento que o pastor disse “Amém”. Depois escutei uma mulher dizendo “vocês viram que a luz quase voltou na hora do amém?” Minha resposta (irônica, confesso) foi “Verdade, pena que a fé do povo não foi forte o suficiente” – meus amigos olharam para mim com uma cara de “Você é louco?!”.  O problema é que, se assumirmos que Deus se manifesta somente no sobrenatural, deixamos de ver Deus manifesto no comum e no ordinário. Deixamos de ver Deus no sorriso de uma criança ou no calor de uma tarde de outono, só vemos um Deus que se manifesta por meio de trovões. Enxerga-se o milagre errado: o milagre é o povo de Deus que não deixa de prestar culto a Ele, mesmo sem eletricidade e não no fato de que a luz piscou. Às vezes a luz pisca. Coincidências acontecem.

Volte ao primeiro livro da bíblia e veja: Deus traz à existência a todo o universo, usando e abusando de toda a Sua criatividade. Foi como uma explosão de cores, formas, ideias e vida. Quando a termina, coloca o homem em um jardim e lhe entrega uma lista de coisas: cuidar do jardim, plantar sementes e fazer com que cresçam (responsabilidade ambiental não é coisa nova), fazer sexo com sua esposa e povoar a terra. As funções são tão comuns que deixamos de enxergar que ele tinha um emprego e uma família, assim como a maioria dos homens nos dias de hoje. Deus criou este mundo com princípios comuns: um objeto solto no ar cai, colocar a mão na água fervendo queima, comer comida mexicana (pelo menos no meu caso) demais causa problemas intestinais.

Deus se manifesta por tantas vezes no Antigo Testamento: por meio de fogo no céu, no arbusto em chamas, dentro da fornalha como anjo, fala por meio de uma mula. Mas sua maior manifestação foi como homem em Jesus Cristo. Um homem que fez muitos sinais sim, mas que trabalha muito mais no caráter do que na aparência. Seus ensinamentos eram ensinamentos de uma vida cotidiana: se alguém abusar de você, dê-lhe a outra face; pague mal por bem; seja gentil; perdoe; arrependa-se; ame. Jesus andou sobre as águas, mas não esqueça que andou muito mais de barco.

O Senhor é Deus dos sinais. Ele pode sim enviar sinais a você e não vejo nenhum mal em buscá-los. Talvez no seu caso específico, você realmente precise ver algo mais forte, um empurrãozinho divino. Mas não perca as oportunidades por isso. Esse mundo não é feito de sinais. Esse mundo é feito de princípios, criatividade, forças, coincidências. Talvez seja esse o mover de Deus que você não está enxergando.

 

Números Finais – Ivan

Publicado: dezembro 17, 2010 por leofilipealves em Missões
E ai como vc esta??
Chegou ao fim a minha jornada com alguns obstáculos, estou de volta a cidade de São paulo, hehehe. Tivemos um tempo maravilhoso em Curitiba, depois de 4 semanas de trabalho intenso terminamos com chave de ouro, realizando um show. Tivemos nesse show o número de 500 pessoas, foram 63 pessoas convertidas e outras que foram desafiadas por Deus.
Os números finais:
PÚBLICO ALCANÇADO: 6808
ORAÇÃO: 3813
FICHAS: 2424
DECISÕES: 1940
RECONCILIAÇÕES:484
30 APRESENTAÇÕES
15 ESCOLAS
3 PARQUES
1 DELEGACIA
1 SHOW
Quero muito agradecer pelas orações e por toda a confiança que você tem colocado em mim, estou muito feliz onde eu estou e o que eu tenho feito. Estou totalmente realizado.
Agora aqui em São Paulo quero poder descansar e também visitar você para podermos conversar e contar mais novidades sobre o que tem acontecido na minha vida.
Vídeo sobre a campanha:
Um grande beijo
Amo você.