Esperança

Publicado: março 8, 2012 por blogdapresbi em Poesia
Tags:,

Persisto na crença
de que a poesia ainda vive
e é o amor que faz mover
a gênese da vida,
não apenas um ato irresponsável
que origina órfãos
de incertezas.

Teimo em crer
que as flores sobreviverão
ao tempo das bestialidades
e ao ácido das impurezas
que habitam o coração do homem
gerando desertos
de insensatez.

Insisto em decifrar
um código tido como antiquado,
obsoleto, há muito abandonado.
Numa língua morta
com que se pode ainda
falar com Deus – frente a frente -:
amor, solidariedade, paz…
todos contidos num único
sistema decodificador: a FÉ!

Francisco Ferreira

Anúncios
comentários
  1. Francisco Ferreira disse:

    Olá, agradeço mais esta oportunidade de postar mais um dos meus poemas neste blog tão belo e virtuoso.

    Abraços fraternos,

    Francisco Ferreira

  2. Laura Miguel disse:

    o poético nos eleva. obrigada, Francisco.

  3. Victor Perez disse:

    Nós é que agradecemos pelas colaborações e por poetizar este blog!!
    abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s